Publicado por: Dirceu Rabelo | 15/07/2010

Vamos ver o horóscopo de hoje?

Vamos ver o horóscopo de hoje?

Dirceu Rabelo 

AQUÁRIO

De 21/01 a 19/02

Quanto mais dura é a prova, mais a nossa paciência é testada. Por ter pouca tolerância às provocações, você acaba achando que as pessoas resolveram contrariá-lo. É tempo de transformar reações agressivas em resistência pacífica.

Não sou muito chegado a um horóscopo, não acredito que sejam verdadeiros, mesmo porque sou espírita e além do mais, já vi em redações de rádios e jornais, como os mesmos são redigidos. Talvez, até a astrologia seja uma ciência para se levar a sério, porque pelo pouco que estudei do assunto, as pessoas nascidas num mesmo signo, principalmente as do segundo decanato, são muito parecidas umas com as outras, em alguns aspectos.

Mas, de vez em quando dou uma “espiada” no meu horóscopo, só pra ver como é que vai ser o meu dia; e haja gargalhada! O que me arranjam de namoradas e amores que retornam, dava para encher uma caminhonete. Se eu fosse olhar a sorte grande que eles me anunciam então, Bill Gates perto de mim seria mendigo.

Mas, como os redatores de astrologia às vezes se revezam nas redações, dentre eles sempre há alguém com vontade de ajudar o semelhante com conselhos. Aí, acontece de termos “chapiscos” de verdades, nos quais devemos nos concentrar para pensar, como nesta verdadeira mensagem que foi o meu horóscopo acima, do dia 14 de julho, do jornal “AQUI”, de Belo Horizonte, e que nós recebemos aqui em Dom Joaquim.

Pode não ser um defeito de todo aquariano, mas é um defeito meu; tenho pouquíssima paciência às provocações e sempre acho que as pessoas resolveram me contrariar; ainda mais porque sou servidor público e sempre tem alguém para pegar no meu pé.

Claro que com o tempo de vida, fui sendo mais comedido, moderado e até mais paciente, mas depois de uma, duas, três, quatro, cinco provocações, a explosão é certa.

Estou certo? Claro que não! Primeiro, porque como seguidor da Doutrina Espírita, deveria seguir um ensinamento básico do Mestre Jesus a uma pergunta do Apóstolo Pedro: perdoar setenta vezes sete vezes. Em outras palavras, não dar bolas para o provocador e para o ofensor. E outra: o provocador quer ter de você exatamente esta reação. Isto é que satisfaz o ego dele. Tirar do sério aquele a quem ele cutucou, a quem ele provocou. E os motivos são muitos, e não cabe a mim fazer aqui esta exposição. Que o faça algum psiquiatra ou psicólogo.

Agora, transformar reações agressivas em resistência pacífica, aí já é demais para este espírito inferior aqui, “my boy”. Estou fazendo um trabalho de “reforma íntima” que é dificílimo, pois é um andar lento, constante, mas um dia eu chego lá. Com a ajuda de Deus!

Resistência pacífica! Isso ainda é coisa para Mahatma Gandhi! Mas um dia eu chego lá! Quem sabe, ainda nesta reencarnação?

 

Anúncios

Responses

  1. Hi,Watch This FREE Video How To Build Over 100,000 backlinks and drove over 500,000 targeted visitors from free traffic source to your sites http://rankbuilder2.net/ Get Google Top Spot Now

  2. Alex,
    Favor mandar o vídeo em português ou espanhol
    Grato!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: