Publicado por: Dirceu Rabelo | 17/09/2010

Eles vivem…

Eles vivem…

 

Ante os que partiram, precedendo-te na Grande Mudança, não permitas que o desespero te ensombre o coração.

Eles não morreram.

Estão vivos.

Compartilham-te as aflições, quando te lastimas sem consolo. Inquietam-se com a tua rendição aos desafios da angústia quando te afastas da confiança em Deus.

Eles sabem igualmente quanto dói a separação. Conhecem o pranto da despedida e te recordam as mãos trementes no adeus, conservando na acústica do espírito as palavras que pronunciaste, quando não mais conseguiram responder as interpelações que articulastes no auge da amargura. Não admitas estejam eles indiferentes ao teu caminho ou à tua dor.

Eles percebem quanto te custa a readaptação ao mundo e à existência terrestre sem eles e quase sempre se transformam em cirineus de ternura incessante, amparando-te o trabalho de renovação ou enxugando-te as lágrima quando tateias a lousa ou lhes enfeitas a memória perguntando porque. Pensa neles com a saudade convertida em oração.

As tuas preces de amor representam acordes de esperança e devotamento, despertando-os para visões mais altas na vida.

Quanto puderes, realiza por eles as tarefas em que estimariam prosseguir e tê-los-á contigo por infatigáveis zeladores de teus dias. Se muitos deles são teu refúgio e inspiração nas atividades a que te prendes no mundo, para muitos outros deles és o apoio e o incentivo para a elevação que se lhes faz necessária.

Quando te disponhas a buscar os entes queridos domiciliados no Mais Além, não te detenhas na terra que lhes resguarda as últimas relíquias da experiência no plano material…

Contempla os céus em que mundos inumeráveis nos falam da união sem adeus e ouvirás a voz deles no próprio coração, a dizer-te que não caminharam na direção da noite, mas sim ao encontro de Novo Despertar.

POR EMMANUEL (CHICO XAVIER)

Matéria adicionada no Blog Kardec Online por Meire Margarida Silva Vertolis.

Anúncios

Responses

  1. Olá Dirceu,

    Você deixou um comentário no blog Aabaca, sobre repaginar seu blog.

    Pelo que percebo, seu blog está legal.
    Está bem estruturado, com os assuntos em ordem de postagem.
    Categorias também.
    Está leve. Conteúdo adequado.
    Portanto, de fácil navegabilidade.

    Assim sendo, fico sem entender o motivo de seu pedido.

    Você pode me enviar um e-mail explicando suas dúvidas?

    Nesse caso, será mais fácil entender seus objetivos.

    No aguardo.

  2. Oi Guiumarães! Para que as coisas se tornem mais fáceis e para que você me entenda melhor, amanhã vou passar um e-mail para você a fim de explicar-lhe aquilo que quero. Grande abraço e muito obrigado, por enquanto.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: