Publicado por: Dirceu Rabelo | 16/11/2010

O Lutador

O Lutador

Dirceu Rabelo

A vida se esvai

Só um tênue fio espiritual

Liga a criatura a este orbe…

Mas ela, por algum motivo, luta.

 .

O amor já findou faz tempo

Mas uma das partes insiste;

Ainda resta uma esperança

E ela, sozinha, luta.

A criança nasce prematura

Para a medicina, caso perdido!

Mas ela tem uma genitora amorosa.

E as duas, cada uma a seu modo, lutam.

O time perde o jogo pelo placar mínimo

Um empate basta para a conquista, a glória.

E a partida está no seu final; tensão da torcida!

E a equipe, aguerrida, luta.

No temporal, a avalanche engole as casas.

É noite escura e ninguém acode.

Ouvem-se gemidos; a morte ronda-lhe o lar.

Mas a família, em preces, luta.

 .

No mar aberto chega a temida borrasca;

O frágil barco já sem velas, à mercê do vento,

Tem o leme avariado e a escuridão assombra.

Mas os pescadores remam e lutam.

 .

Todos os seres humanos,

Em algum momento de suas vidas

Têm algum tipo de problema.

Mas… nem todos lutam.

O desânimo às vezes toma conta de nosso ser

A vida perde todo o seu sentido

Tudo se torna tão sombrio que…

Parece findar a última esperança.

 .

Mas, faz-se necessário lutar.

Acreditar que o sol há de brilhar

Por entre as frestas das nuvens negras.

É próprio de um verdadeiro filho do Criador.

 .

Poema inspirado na música “The Boxer” de Simon e Garfunkel.

Dom Joaquim, 06 de outubro de 2010.

Anúncios

Responses

  1. Sua arte me encanta…
    Sou fã!
    Te amo pra sempre…

  2. Sem rasgação de seda, Kekê, você não pode imaginar como me orgulho de você e do que você faz; ainda mais agora junto com o Glaison, vocês se completaram. Amei o CD! Não empresto nem pra minha vó… Quanto ao meu amor por você, transcende a esta encarnação; já vem de outras e se sucederá eternamente. Beijão do seu “padim”.

  3. Chorei…
    TE AMO!

  4. Sempre gostei da música The Boxer; mas ouvindo a interpretação e a repaginada que você e o Glaison deram a ela no novo CD, a inspiração me veio e o poema nasceu, assim de repente, como que soprado por “alguém”. É para você e ele.
    Beijos do padrinho que te ama muito.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: