Publicado por: Dirceu Rabelo | 03/01/2011

A Trave e o Argueiro (A estaca e o cisco)

 

A Trave e o Argueiro ( A estaca e o cisco)

Foto: A iraniana Sakineh Mohammadi – Ashtiani

Buscando sempre nas palavras de Jesus ensinamentos úteis para as nossas vidas, lembramos de um caso singular.
Ao final do dia o trabalhador dialogava com a esposa, sobre diversos temas, quando enveredou pela crítica aos colegas de trabalho que, segundo ele, praticavam erros abomináveis.
Lamentava-se dizendo que não aguentava mais aquele pessoal da empresa.
A esposa que ouvia atenta, perguntou-lhe:
O que foi desta vez?
Ao ouvir estas palavras ficou preocupado, pois teve a impressão de reincidência no mau hábito de criticar.
Todavia continuou: Sabe o que é? Lá na seção existe uma cadeira vazia que serve para o usuário se sentar quando vem falar conosco.
Pois bem, quando eles se retiram, não colocam a cadeira de volta no lugar de origem, o que já é um desrespeito.
E mais: os colegas não movem uma palha para colocá-la no lugar correto. Eu é que faço isso sempre, já que a cadeira fora do lugar atrapalha o trânsito.
A esposa, que até então ouvia sem dizer uma palavra, comentou: É engraçado!
O quê? Indagou o esposo curioso.
É engraçado tudo isto que você disse.
Por quê?
Você comenta sobre os colegas que não colocam uma cadeira no lugar, desrespeitando o ambiente de trabalho, quando você faz o mesmo dentro de sua própria casa.
Como assim? Perguntou com o coração em sobressalto, pela surpreendente revelação.
Você termina de almoçar, ou jantar, levanta-se, a cadeira vai parar distante da mesa, quase no meio da sala.
Seus filhos e eu observamos seu caminhar satisfeito até o sofá, atirando o corpo saciado nele, voltando em seguida o olhar sonolento para a televisão ou o jornal.
Enquanto isso, eu recolho os talheres e, ao final, recoloco a cadeira no lugar, antes que você mesmo tropece e reclame por ela estar fora de sua posição original.
Eu faço isso? Indagou assustado.
Há oito anos, respondeu a esposa.
Esse era o tempo que viviam juntos.
*   *   *
Jesus, em Sua sabedoria questiona:
Por que olhas para o cisco que está no olho de teu irmão e não notas a trave no teu olho?
Assim procedemos muitos de nós. Reprovamos os defeitos dos outros e esquecemos de dar uma olhada no nosso modo de ser.
Criticamos nos outros o que costumamos fazer habitualmente, sem nos darmos conta.
Jesus, após o questionamento, recomenda:
Tira primeiro a trave do teu olho, e então verás para tirar o cisco do olho do teu irmão.
*   *   *
Antes de levantar a voz para criticar quem quer que seja, voltemos o olhar para nossa própria situação.
Observemo-nos constantemente para não cairmos no mesmo equívoco do esposo que deixava a cadeira fora do lugar e criticava esse comportamento nos colegas.
Como podemos perceber, os ensinos de Jesus são sempre oportunos e atuais, basta que saibamos entendê­-los.
Pensemos nisso!

(Matéria publicada em Kardec Online)

Anúncios

Responses

  1. Esse exemplo é legal rsrsrs, engraçado que o cara nem sequer percebia que levava a cadeira também, isso quer dizer também, que as pessoas que muitas vezes criticamos e achamos que são más pelos seus erros, na verdade não passam de levianas ou apenas distraídas para com os outros.

    Um amigo uma vez me disse: – Sabia que Jesus nunca perdoou ninguém?
    Eu respondi surpreso – Como não? Jesus perdoa a todos!
    Ele retrucou – Jesus nunca perdoou pq nunca chegou a se ofender.

    E daí em diante, ouvi essa pergunta em palestras, e as pessoas ficam todas sem saber o que dizer.

  2. Bom amigo Felipe! Que o Amado Mestre lhe cubra de bênçãos neste 2011.
    É cara! É muito fácil perceber o “cisquinho” no olho dos outros, enquanto que nos nossos olhos, verdadeiras estacas estão encravadas e não percebemos. Interessante mesmo o fato de Jesus nunca ter perdoado ninguém; como? – se um Espírito de Luz como Ele nunca se ofenderá… Não estou deixando de visitar o “Lívre Arbítrio”. Você já viu seu enderêço aqui no meu Blogroll?
    Grande e fraternal abraço.

  3. Tudo bem Dirceu, apareça quando quiser, estou fazendo algumas pesquisas interessantes, estou cheio de idéias incompletas =/, mas que em breve, assim espero, publicarei.

    Quanto ao link para meu blog já tinha visto sim desde quando vc o colocou, obrigado pela divulgação! E também coloquei um para o seu blog lá na mesma época, mas não sei se vc tinha visto.

    Abraços!! Espero que 2011 tenha começado bem para vc, para mim está ótimo!!

  4. Continue pesquisando Felipe, que estarei a postos para ler tudo que for escrito e também para republicar aqui no nosso blog.
    Já vi o link do meu blog aí no “Livre Arbítrio”, afinal, já sou freguês de caderninho.
    2011 começou e está seguindo muito bom para mim e mais uma vez: rogo a Jesus que abra os caminhos, ilumine sua estrada, para que tudo dê certo para você e família. Abração!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: