Publicado por: Dirceu Rabelo | 23/01/2011

Espiritismo não é coisa do capeta!!!

 

 Espiritismo não é coisa do capeta!

 

Dirceu Rabelo

 

Este negócio de que a Doutrina Espírita é coisa do “demo”, já está enchendo a paciência até mesmo do próprio capeta, embora ele não exista. Entenderam? Nem eu!

Agora, sem brincadeiras, falando sério mesmo: entendam de uma vez por todas, principalmente vocês, caros irmãos evangélicos mais radicais, de que Deus, Criador de todas as coisas e seres do Universo, não seria demoníaco a tal ponto, de gerar uma criatura predestinada a ser má eternamente, e a viver por aí a azucrinar a vida de todo mundo, só fazendo o mal. E tem mais: segundo esses crentes, o Criador deu-lhes (aos demônios) ainda, a autonomia de criar o inferno, onde o fogo arde eternamente e é para lá que vão os pecadores, ou seja, aqueles que erraram, sem outra chance de corrigir essas faltas cometidas. Balela!!!

O espírita, por acreditar que Deus nos criou espíritos puros e ignorantes e que cabe a nós, com a ajuda imprescindível de um Anjo de Guarda evoluirmos ou não, fica mais tranquilo, se depurando, tentando fazer sua reforma íntima, para crescer espiritualmente e moralmente em direção ao Pai.

Então, capeta não existe parceiro! É invenção dos maiorais da Igreja Romana, que os evangélicos seguiram, baseados em mitologias e crenças antiquíssimas, para conter os desenfreados de suas fileiras. Os tais demônios são espíritos que foram criados como nós mesmos e que se desencaminharam, desviaram-se do caminho certo e preferiram seguir o caminho do mal, através do livre arbítrio que Deus lhes deu. Por serem obsessores, vivem obstruindo a vida de algumas pessoas e por isso levaram a fama de eternos espíritos do mal. Não, e não! Deus, na Sua Infinita Bondade estará dando (o gerúndio é pelo atendimento de telemarketing espírita que estou prestando) quantas oportunidades forem precisas, para que esses espíritos que se desgarraram e se debandaram para o mal, um dia, não importa quando, reconheçam o atalho errado que tomaram e “necessitem” por eles mesmos, recomeçar a trilhar o caminho do bem, do amor e da paz.

Aí, caros irmãos e irmãs descrentes, é que entra a reencarnação, que está demorando a encaixar nessas suas cabecinhas moles. Acreditem! Reencarnar é dar ao espírito que errou, quantas oportunidades forem necessárias, para resgatar suas dívidas do passado, até que ele vá melhorando de tal maneira, que nem precisará mais reencarnar aqui nesta terra de provações e expiações. Depois eu conto o resto para vocês. Acreditem nisto que eu disse que já está bom demais.

Então, é o seguinte: a pessoa morre (desencarna) e o corpo (matéria) se dissolve no cemitério ou vira fumaça e cinza no crematório, mas a alma (espírito) vai para a erraticidade ou é resgatado em menos ou mais tempo – dependendo do seu merecimento – e segue acompanhado de bons espíritos para o Plano Espiritual, a fim de ser ajudado de alguma maneira. Se o espírito cometeu algum deslize grave como suicídio, e outros que vocês convencionaram em chamar de pecado, ele permanece em uma zona chamada Umbral que fica entre a terra e o “Nosso Lar”, por exemplo, que é uma colônia de “refazimento”. Nem me falem em inferno! Deus não é um louco, tipo Adolf Hitler que era o capeta em forma de gente e criou vários infernos, que foram os campos de concentração.

Desculpem-me pela aparente ousadia e impertinência, mas não é assim, caros irmãos e irmãs; nós espíritas, não tememos a morte, não tememos o demônio nem ao inferno e também não somos tementes a Deus.

Credo! Dirão os mais exaltados. Este homem está endemoninhado! Gritarão todos dentro dos templos.

Nada disso. Sabemos que a morte (desencarnação) é somente a volta à vida pura para o espírito, sem um fardo pesado para se carregar e o recomeço para uma nova vida, uma nova reencarnação. E no Plano Espiritual, se for de nosso merecimento, nós nos encontraremos com nossos amigos e parentes que lá ainda permanecem e que não voltaram ainda a reencarnar. Não tememos ao demônio e ao inferno porque os dois não existem e porque procuramos trilhar o caminho do bem, tentando fazer nossa reforma ínterior e temos a ajuda dos Espíritos Superiores. Não tememos a Deus, porque não se teme a quem se ama, ao Pai Misericordioso e Nosso Criador; devemos amá-Lo, reverenciá-Lo, mas nunca temê-Lo.

Então, de agora em diante, não se fala mais em demônio, nem em inferno, nem em pecado e sim em livre arbítrio e “lei de causa e efeito”, e nem em temer a Deus, mas amá-Lo. Combinado?       

Anúncios

Responses

  1. Gostei .
    mais me lembro de ler um dia que chico xavier tinha visto um demonio.
    como vc me explica isso.
    eu acho que todos os crentes deveriam ler isso que vc escreveu, so para abrir a cabeçinha deles um pouco.
    tenho um irmão crente que nao larga a biblia um minuto e vive falando do inferno que quem não for bom vai queimar eternamente.
    eu fico refletindo por que diabos deus faria isso o que ele iria ganhar, nos ficariamos eternamente sendo torturados isso pra min nao fais nenhum sentido.
    Se isso fosse verdade deus nao seria bom e sim muito ruim.

  2. Caro Renato. Que bom que você tenha gostado da matéria que desmistifica o demônio, o inferno e o temor ao nosso querido Pai Celestial. Quanto ao “demônio” que Chico Xavier disse ter visto, ele com certeza viu mesmo um ser com formas animais, de chifres, rabo, patas, pois eles, espíritos inferiores tomam a forma de sua inferioridade moral e espiritual. Só que o grande médium Chico Xavier sabia disso e se lixou para ele, ou melhor, teve compaixão por ele, por seu estado deplorável.
    Quanto ao seu irmão que é evangélico, com certeza ele segue o caminho do bem, mas deveria ler um pouco mais, assim como você que se interessa por leituras que mostra a nova realidade do Evangelho.
    Gostei muito de seu excelente comentário. Deus, realmente, na Sua Infinita Bondade, não criaria o capeta para nos azucrinar e nem seria um Criador de um ser eternamente mau. Todo e qualquer espírito, mesmo o mais duro, um dia será Espírito de Luz, tenha certeza disso. Comente sempre, você é bom nisso!
    Grande abraço fraternal.

  3. As pessoas que dizem que Deus criou os demônios, o mal e o inferno, se equivocaram.
    A Bíblia ensina que o Mal é a ausência de Deus.
    Os demônios são os anjos que caíram juntamente com Lúcifer e ficaram a vagar pelos mundos, pois sem Deus o anjo perde seu proposito.
    Lago de fogo, que o pessoal confunde com inferno, foi criado por Deus para aniquilação dos demônios.
    Para o crente, o temor do crente é reverência a Deus. Hebreus 12:28-29 descreve: “Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor.” Essa reverência e santo temor explicam exatamente o que temer a Deus significa. Esse é o fator que deve nos estimular a nos entregar totalmente ao Criador do Universo.
    Eu não entendo muito de Espiritismo, mas de onde você tirou isso de Umbral?
    E se nossa morada for Espiritual, porque Deus nos deu este corpo físico?

  4. Caro Shamdro,
    Não entendi bem porque você me mandou o comentário duas vezes mas, resolvi publicá-los porque eles têm horários diferentes.
    Irmão! Posso lhe tratar de irmão? Afinal, somos cristãos…
    O negócio é o seguinte: Deus vai lá precisar de criar “lago de fogo” para queimar suas criaturas que contra ele se rebelam?
    Por favor, ponha na cabeça que Deus vai dar aos espíritos endurecidos, que vocês teimam em chamar de demônios, quantas chances forem necessárias para que eles avancem na escala evolutiva em reencarnações diversas. Deus não aniquila ninguém não meu querido irmão. Deus é o Criador, não o Demolidor, o matador, o destruidor.
    Você disse que não entende muito de Espiritismo e eu posso afirmar que você não entende nada. Perdoe-me! De espiritualista você não tem nada. É materialista até na alma.
    Se você não concorda com o Umbral, fique com o céu, inferno e purgatório. Eu não posso fazer nada mais por você. Quando você desencarnar vai ter a realidade nua e crua à sua frente.
    Leia a matéria de novo, caro Shamdro e veja que é mais fácil confiar em um Deus que nos dá quantas oportunidades forem necessárias de reencarnarmos, para que nosso espírito passe por situações que nos ensine a sermos bons, caridosos e generosos.
    Vá por mim e que Jesus o abençoe!

  5. Desculpe, publiquei 2x a mesma coisa se puder apague um.
    Com certeza eu entendo muito pouco de Espiritismo, perguntei desse Umbral porque nunca ouvi falar nisso, nem sei o que é.
    Sempre ouvi falar que Deus é Justo, por isso não esquento a cabeça com religiões, então sendo Justo Deus não poderia colocar Adolf Hitler no mesmo patamar que Nelson Mandela, convém que cada um de conta de seus atos, pois todos tem o Livre-arbítrio.
    Pode ser que não exista mesmo Lago de Fogo, mas a bíblia ensina que existe uma segunda morte, esta escrito em Apocalipse 20:14-15 e 2 Pedro 3:7

  6. Shamdro,
    Fui lá e deletei um dos comentários como você me pediu.
    Deus é justo sim, caro irmão e não colocará nunca Adolf Hitler, Madre Teresa de Calcutá, Nelson Mandela e Mahatma Gandhi juntos, num mesmo lugar, após a morte do corpo físico. O “inferno” está na consciência de cada um e espíritos elevados, ou mesmo bons, ou ainda, que tentam fazer o bem, não tem com que se preocupar. Pode ser espírita, católico, evangélico, etc., todos teremos uma segunda e milhares de “mortes” do corpo físico, pois o espírito é criado por Deus e se torna imortal. E a felicidade os espera na Gloria do Pai que é Todo Bondade, Todo Perfeição!
    Que Jesus cubra-lhe de bênçãos!

  7. Olá gostei muito do seu texto, eu também ando meio cheio de tanto falarem que espiritismo é coisa do capeta, e quanto aos irmãos de outras religiões com doutrinas baseadas no odio e na intolerância, fica a dica, questionem, estudem, não aceitem nada que estimule violência e odio, contra alguém ou a algo, pois todos sabemos, Deus é amor, e como pode ele então odiar e lançar os seu filhos no lago de enxofre, sabendo que nenhum de nós é perfeito ? isso é só um exemplo de pensamento racional, e convenhamos se esta na biblia, se coloque na época que foi escrita, a humanidade era praticamente ignorante espiritualmente, era o único jeito que eles entendiam, a base do castigo, ( não que eles existisse, era mais para assustar) não fazemos o mesmo com uma criança? quando ela faz algo errado ? dificilmente vc á fará entender explicando, vc ficará com cara de bravo, talvez dê umas palmadinhas, mas nem por isso vc deixará de ama-la, pois é seu filho! parem de julgar o que não conhecem, se não gostam de algo, ou alguém, porque xingar, e usar palavras de odio e agressão ? esta na hora da humanidade se unir no amor, pois odio já existe demais!

    Salam Aleikum!

  8. É isso mesmo Geislan!
    Tenho lutado (com boas palavras) contra nossos irmãos evangélicos que teimam em exaltar a existência do demônio e do inferno, e também de um tal de “lago de fogo”, além de Adão e Eva, céu e inferno, Caim e Abel, etc., etc.
    Imagine Deus criando uma lagoa incandescente para aniquilar “seus inimigos”, os demônios que não param de infernizar sua vida. Coisa mais retrógrada!
    Gostei muito de seu comentário e ele estará aqui, doravante (palavra antiga também!) para que todos possam apreciá-lo como complemento da matéria. Quando puder, escreva mesmo, mandando seus comentários que nos são de muita importância.
    Não se esqueça de votar em nosso blog, clicando neste selo dourado do TOPBLOG 2012. Estamos concorrendo ao melhor blog religioso do Brasil. Já estamos entre os 100 melhores. Queremos mais, para dar credibilidade ao blog que por ser espírita é meio discriminado principalmente pelos irmãos evangélicos. Pode votar pelo email, (e confirma!) pelo Facebook e pelo Twitter. Peça a familiares e amigos para fazerem o mesmo por nós!
    Grande abraço fraternal e que Jesus o proteja! Sempre!

  9. Achei excelente o texto desenvolvido por ti, ele é bem explicativo, mas infelizmente a maioria dos evangélicos não estão preparados para o chamado Consolador que Jesus prometeu em sua vinda à Terra. è um assunto muito avançado e seria chocante admitirem isso. Assim como Jesus transmitiu suas ideias de acordo com a pouca evolução de seus seguidores, uma linguagem atrasada e primitiva ainda agrada esses irmãos com a chamada trave na frente dos olhos. Até mesmo alguns espíritas não estão preparados para informações mais novas que aquelas transmitidas ao querido Alan Kardec. Os mestres estão espalhando as novidades mundo afora, novidades essas que vêm aprofundando o conhecimento sobre temas da própria ciência espírita. Muito difícil de digerir as boas novas por estarmos acostumados com apenas um lado da moeda. Mas a verdade é que toda informação é bem vinda e deve ser colocada na balança para nosso próprio julgamento. ” A verdade é una e foi distribuída igualmente a todos” Paz e Luz!!!

  10. Caro amigo e irmão Raphael,
    Você deve ter notado que eu dei um toque mais leve ao texto, pois se fala muito sobre o assunto, mas numa seriedade tão assustadora que às vezes não chega a convencer. Nós que somos espíritas e estudamos o assunto continuamente sabemos do primitivismo de linguagem em que a Bíblia foi escrita. Como você mesmo disse, até mesmo alguns irmãos espíritas ainda não estão preparados para as novas realidades do mundo em que vivemos e do mundo espiritual.
    Devemos estudar sempre e muito. Temos muito ainda a aprender, mas, acho que já demos um bom passo adotando a Doutrina Espírita e divulgá-la é uma obrigação de cada um de nós.
    Que Jesus o abençoe abundantemente!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: