Publicado por: Dirceu Rabelo | 03/05/2011

ATLETICANO COVARDE ATÉ O FIM!

ATLETICANO COVARDE ATÉ O FIM!

Dirceu Rabelo

 

No domingo, depois de o GALO DOIDO despachar o pobre do América, e de virada, postei a matéria abaixo, com esta foto minha de guerrilheiro fajuto e medroso. Claro, que quem tem (*) tem medo!

O cruzeiro tem atualmente a melhor equipe do Brasil. Na verdade, o Brasil não tem atualmente time nenhum que presta mesmo; basta vermos os jogos dos campeonatos da Europa, para chegarmos à triste conclusão: somos um monte de bananas podres, perto de Real Madrid e Barcelona, só para falarmos das equipes espanholas.

Mas voltando à minha foto, quando foi à noite, o Barak Obama, presidente dos EUA anunciou a morte do procurado Osama Bin Laden. Este último sempre me pareceu nome de macarrão instantâneo. Já o primeiro, pelo nome, se eu fosse americano, nunca votaria nele; sei lá se esse cara tá lá infiltrado na alta cúpula dos “Steites” também… Olha só o nome completo do morenão: Barack Hussein Obama II. Sei não!!! Nome mais terrorista do que o defunto macarrão Bin Laden.

Foi premonição? Acertei sem querer? Tive informações privilegiadas do Pentágono? Fica a pergunta no ar…

Mas o jornal inglês “The Sunday Times” de ontem colocou uma foto do Bin Laden na capa, com a seguinte manchete: “Coward to the end”. Tradução: Covarde até o fim. No texto veio a explicação. O “perigoso” terrorista, ao se ver cercado pelo pelotão americano, pegou uma de suas mulheres e a colocou em sua frente como escudo e essa “dançou” com ele, mortos pelos potentes fuzis usados na ocasião.

Finalizando este texto que já está ficando muito politizado, pois a finalidade dele é falar de futebol, acho que a manchete do jornal inglês caberia muito bem para mim também. Detesto os clássicos ATLETICO x cruzeiro. Não ouço os jogos pelo rádio, não os vejo pela TV e se possível, me afasto de qualquer meio de comunicação; só fico sabendo do resultado depois de terminada TOTALMENTE a partida. E isto, em qualquer situação. Esteja o GALO melhor, ou o timinho azul, como agora, nas cabeças: tenho pavor dos clássicos de nossas equipes mineiras. É muita adrenalina para o coroa aqui aguentar. Covardia? Não sei! Tenho outras coisas mais importantes para me preocupar com tanto fervor.

Quero o GALO campeão. Mas sofrer não!

Aí, faço “que nem” o Bin Laden: coloco a minha mulher pra sofrer na minha frente. Ela que se dane ouvindo ou vendo o jogo… E se sairmos ilesos, comemoraremos juntos, ela, a heroína e eu o, digamos… Covarde… Vá lá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: