Publicado por: Dirceu Rabelo | 09/12/2011

AI! TIRARAM UM ASTERÓIDE DO MEU RIM…

AI! TIRARAM UM ASTERÓIDE DO MEU RIM…

 

De algumas cólicas no baixo ventre esquerdo (acho que é isso), causadas pela formação de pequenos cálculos renais, pela ação de um medicamento que tomo já há algum tempo, acabei sendo encaminhado pelo competentíssimo Dr. Sebastião Godinho, daqui de Dom Joaquim, para Belo Horizonte, a fim de fazer um ultra-som abdominal total e outros exames complementares.

Seguindo o conselho do grande amigo e ex-prefeito João de Aurora, de quem, orgulhosamente fui secretário, busquei a emergência do excelente Hospital Felício Rocho. Atendido imediatamente, e feito o ultra-som, ficou constatado que eu tinha um cálculo renal de 11 mm (onze milímetros), mais de um centímetro de diâmetro, já quase na metade do ureter, tentando abrir caminho para sair. Não sei como, mas, esse “asteróide” queria sair pelas vias normais. E naquela caminhada da “pedra” entre o rim e o ureter, foi-se iniciando um processo infeccioso perigoso, que já havia me dado alguns estados febris, para os quais não dei relevância. É aí que mora o perigo…

Encontrei primeiramente no Dr. Renato, o pronto atendimento atencioso e depois no Dr. Otacílio a perícia de um grande cirurgião urologista que bombardeou o baita cálculo com lazer, sem fazer em mim um simples corte. Foi uma “guerra nas estrelas” dentro de minhas vias urinárias com fachos de lazer e asteróides se estilhaçando por todos os lados. O cálculo renal saiu pela urina, todo em pó! 

 Venceu o bem; venceu a medicina, a ciência. Venceu Jesus e seu médico maior, Dr. Bezerra de Menezes, a quem pedi proteção naquele momento de aflição.  

A todos os médicos e amigos que me ajudaram nessa hora e que se preocuparam comigo, meu muito obrigado, meu “Deus lhes paque!”  Ao mano Tóia que mais uma vez me acolheu em seu lar em Belo Horizonte… sem palavras! Deus sabe o quanto sou grato por tudo que ele tem feito por mim.

As pequenas dores pós-operatórias foram passageiras e não duraram mais que 36 horas. Juro!

Agora, já recuperado, vou fazer uma viagem ao Peru, para conhecer a família de minha nora Julissa, esposa de meu filho Dirceu. Antes de viajar, deixo para vocês um presentão de fim de ano: a obra completa de Chico Xavier.

Feliz Natal e o desejo de que 2012 seja repleto de saúde, paz e muitas realizações para todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: