Publicado por: Dirceu Rabelo | 03/07/2012

OS DOIS MARES

OS DOIS MARES

 Narra o escritor Bruce Barton que, na Palestina, existem dois mares bem distintos.

O primeiro deles é fresco e cheio de peixes. Possui margens adornadas com bonitas plantas e muitas árvores as rodeiam, debruçando seus galhos em suas águas, enquanto deitam as raízes nas águas saudáveis para se dessedentarem.

Suas praias são acolhedoras e as crianças brincam felizes e tranquilas.

Esse mar de borbulhantes águas é constituído pelo rio Jordão. Ao redor dele, tudo é felicidade.

As aves constroem os seus ninhos, enchendo com seus cantos a paisagem de paz e de risos. Os homens edificam suas casas nas redondezas para usufruírem dessa classe de vida.

Mas, o rio Jordão prossegue para além, em direção ao sul, em direção a outro mar.

Ali tudo parece tristeza. Não há canto de pássaros, nem risos de crianças. Não há traços de vida, nem murmúrio de folhas.

Os viajantes escolhem outras rotas, desviando-se desse mar de águas não buscadas por homens, nem cavalgaduras, nem ave alguma.

Se ambos os mares recebem as águas do mesmo rio, o generoso Jordão, por que haverá entre ambos tanta diferença?

Num, tudo canta a vida, noutro parece pairar a morte.

Não é o rio Jordão o culpado, nem causa é o solo sobre o qual estão, ou os campos que os rodeiam.

A diferença está em que o Mar da Galiléia recebe o rio, mas não detém as suas águas, permitindo que toda gota que entre, também saia, adiante.

Nele, o dar e receber são iguais.

O outro é um mar avarento. Guarda com zelo todas as gotas que nele ingressam. A gota chega e ali fica. Nele não há nenhum impulso generoso.

O Mar da Galiléia dá de forma incessante e vive de maneira abundante.

O outro nada dá e é chamado de Mar Morto.

                                                                      * * *

Tecendo um paralelo entre o coração humano e os dois mares descritos, podemos logo reconhecer se temos uma alma generosa igual ao Mar da Galiléia ou avarenta e ciosa qual o Mar Morto.

Os que estamos habituados a distribuir os dons e talentos que a Divindade nos concede, somos os seres agraciados com a alegria de viver, farto círculo de amigos, flores de carinho e folhagens de ternura.

Se nos habituamos a viver sós, sem nada repartir, dividir ou partilhar, estamos semeando solidão à nossa volta, tristeza e desamparo, porque a vida é qual imensa seara que retribui a sementeira, de acordo com os grãos cultivados.

 (autor desconhecido)

Anúncios

Responses

  1. Exatamente isso, e a escolha, e o bom “uso” (se assim podemos chamar) desse coracao que soh para de bater qd concluimos nossa missao aqui nessa vida, eh tbm livre arbitrio…
    Apesar de que, quem manda mesmo eh ele!!!
    Mas, mesmo assim, ainda ha quem tente a ele controlar e domesticar…. tentando de todas formas represar, segurar, impedir e ate “congelar” !!!
    Eu heim, vai entender…tao gostoso amar e ser amado…mas tem que tomar cuidado sim, tem que ajudar e semear com carinho e Fe.
    Belo texto e belo paralelo Dirceu.
    baci per te

  2. Acho que existe um meio termo aí nesta “parábola” que a gente pode usar e não ficar nem muito pedra, nem muito tijolo. O texto é riquíssimo e dele podemos tirar muitos ensinamentos. Cada qual tira uma casquinha aqui e outra ali. Só não devemos e nem podemos viver isolados, sem repartirmos aquilo que temos de melhor com nossos semelhantes. Aí não acho que seja uma boa escolha. É a pior delas. Eu, pelo menos procuro ficar aqui no meu canto, mas compartilhando com todos tudo o que tenho, material e imaterial.
    Um abração de tamanduá bandeira!

    • rsrsrsrsrs ja que eh parabola de mts entendimentos e…
      para bom “entendedor” pingo…eh letra!!
      Que vc desfrute bem do seu canto seu tamandua bandeira solitario, comedor de formiguinhas ….mas que sei, eh generoso e tem mto a compartilhar com o proximo!
      Eu ca comigo, prefiro mesmo bordas arredondadas, abracos de urso, beijos de foca, aconchego, cumplicidade de ideias e de sentimentos. Dar e receber… material e imaterial, mas viver e viver intensamente td de preferencia com simplicidade e amor tbm….
      ah e gosto de tirar casquinha tbm, aqui e ali !!!
      Boa noite Sr. Tamandua Bandeira,
      beijo de foca e abraco de urso panda (botafoguense rsrs)

  3. Crítica mordaz hoje né carioquinha? Não podemos ficar dando nossos pitacos sempre com picadinhas de agulhas que nem sangram, mas que no meio de palavras graciosas beliscam as pessoas de uma forma consistente e persistente que derrubam os tijolos que elas estão tentando levantar nesta construção que é a evangelização. Vamos ser menos críticos e personalísticos, para vermos mais os nossos semelhantes que estão logo ali adiante. Você já é uma companheira de jornada e já pode ajudar e com seus belos comentários já ajuda muito.
    Abraço no seu espírito e boa noite!

  4. Nao fiz critica e nem tive a intencao de ser mordaz…
    Ja faz um tempo que escolhi de forma simples e consciente com a minha busca espiritual, nao ter sentimentos e posturas que nao condizem com essa escolha….mas sou errante, e mto ainda.
    Portanto, nao fiz critica e mto menos fui mordaz….
    mas se fui sem ter a intencao, peco que me desculpe pela brincadeira.
    A intencao era brincar de forma sadia e saudavel, de forma consistente sim…mas jamais persistente para fazer sangrar.
    A visao sobre o proximo, eh para mim tao importante qto a que dedico a mim mesma, pois so posso desejar e respeitar meu semelhante,
    se antes de mais nada tento …mesmo que as vezes nao consiga…fazer por mim mesma.
    Enfim Dirceu, obrigada e me perdoe se me fiz,ser mal interpretada.
    Cncordo com vc …vamos ser menos criticos e personaliticos se possivel,
    e ver com olhos mais amorosos de bem querer.
    A jornada ja eh tao dificil ne mesmo…e a comunicacao e o bom entendimento sao tesouros nessa caminhada.
    Boa noite e que Deus te abencoe sempre

  5. Este seu comentário é uma verdadeira aula de entendimento e de busca do acerto. Que diferença daquela amiga que conheci há tão pouco tempo e que precisava de ajuda, e que hoje já ajuda nossos leitores com seus excelentes comentários.
    Não nego que na resposta do seu comentário, eu mesmo fiz uso de um pontiagudo espinho, para dar-lhe uma pequena “agulhadinha”, a fim de tirar de dentro de você a Rosana que nós sabemos que existe e que já mostra a bela performance espiritual. Mais generosa, mais humilde, mais amorosa…
    Estou muito feliz com você; acredite!
    Muito bom dia!!!

  6. hum hum…acredito!
    Somos mto parecidos e estamos na mesma busca.
    Certamente vc esta bem mais a frente nao so pelo vasto conhecimento
    sobre a doutrina mas tbm pela experiencia decorrente dos bons e bem vividos anos.
    Sim, estou bem diferente daquela que vc generosamente se propos a ajudar a se resgatar.
    Na verdade aquela nao era eu…. e sim, o resultado de opressoes e de fragilidade espiritual, decorrentes das tantas provas que enfrentamos na nossa busca constante por sermos melhores a cada dia.
    Eu entendi o “uso” do espinho, e assim como vc, tentei responde-lo com a mesma intencao.
    Mostrar que alem de ser mto grata, estou atenta e sempre usando de consciencia e humildade, tbm saber que mesmo precisando de ajuda,
    eh possivel tbm ajudar, pq a vida eh isso…uma constante troca de afeto e aprendizado.
    Obtigada sempre pelo seu carinho e cuidado
    Um otimo dia para vc tbm Dirceu

  7. Que bom! Fico feliz e agora não preciso fazer uma palestra com minha resposta, como você sempre gosta. rsrsrsrsrs
    Você já disse tudo e eu só tenho que ficar feliz ao ver a “máquina” andando direitinho no trilho da vida, mesmo fazendo suas curvas às vezes íngremes, paradas bruscas, parando em demasia em algumas estações… Assim é a vida normal! Um trem no trilho! Só não pode sair dele, pois as coisas começam a dar errado.
    Besos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: