Publicado por: Dirceu Rabelo | 25/07/2012

PRECE

PRECE

.

Que a minha prece seja, não para ser protegido dos perigos, mas para não ter medo de enfrentá-los.

Que a minha prece seja, não para acalmar a dor, mas para que o coração a conquiste.

Permita que na batalha da vida não procure aliados, mas as minhas próprias forças.

Permita que não implore no meu medo ansioso por ser salvo, mas que aguarde a paciência para conquistar a minha liberdade.

Rabindranath Tagore

Fonte: Espirit Book

Anúncios

Responses

  1. Muito obrigada, prece muito bonita!!! Veio bem na hora!!!

  2. Fico feliz, minha querida comadre Angelah que esta bela prece de Rabindranath Tagore tenha tocado, como tocou a mim e a todos que a viram antes. É maravilhosa esta prece, pois ela não pede o “peixe” como alimento da alma e sim o “anzol” para pescá-lo.
    Um saudoso abraço mineiro.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: