Publicado por: Dirceu Rabelo | 14/12/2012

SUPERSTIÇÃO E FENÔMENOS ESPIRITUAIS

SUPERSTIÇÃO E FENÔMENOS ESPIRITUAIS

.

abrao2

É superstição tratar fenômenos espirituais como sobrenaturais.

 

            Antes que a humanidade descobrisse Deus, ela conheceu os espíritos. E foi através deles que ela O encontrou. O politeísmo surgiu da confusão que as pessoas fizeram entre Deus e os espíritos desencarnados. Na própria Bíblia, embora seus seguidores creiam num só Deus, os numerosos espíritos manifestantes nela são, muitas vezes, confundidos com o Espírito de Deus. E os próprios autores da Bíblia, às vezes, fazem essa confusão. Se Deus ama seus filhos com amor infinito, Ele não nos discrimina, criando-nos imperfeitos, enquanto cria os anjos já perfeitos. Realmente, seu amor infinito para conosco não poderia comportar tal discriminação! Os anjos são espíritos humanos avançados em sua caminhada evolutiva sempiterna, a qual, entretanto, começou também, como a nossa, lá em baixo. Assim, se eles estão, hoje, no nível de perfeição elevada, foi por mérito, por esforço próprio, exatamente como acontece conosco, pois o reino dos céus é conquistado por esforço (Mateus 11: 12).

 

            A cada um é dado de acordo com suas obras (Mateus 16: 27). Ademais, o Nazareno nos ensina que tudo o que Ele fez, nós faremos também e até obras maiores do que Ele fez (João 14: 12). E observemos que o verbo fazer está no futuro (faremos), pois vai depender da nossa evolução espiritual e moral, isto é, quando formos perfeitos à semelhança dos que já são anjos.

 

            Do lado oposto, temos os demônios (“daimones” em grego), que muitos cristãos consideram erradamente como sendo apenas espíritos maus (anjos maus). Na verdade, como dissemos acima, demônios são espíritos humanos com seus vários níveis diferentes de evolução: demoníacos (muito atrasados); mais ou menos (a maioria de nós); e os já angélicos (já bem evoluídos). A ideia bíblica de que os demônios eram anjos que se rebelaram contra Deus é uma analogia com a metáfora da queda de Adão e Eva, que já tinham inteligência antes de pecarem. A sua inteligência é, pois, causa do pecado, e não efeito como lemos na Bíblia (Gênesis 3:7). Se o homem pecou antes de ter inteligência, os animais pecariam também! A esses anjos rebeldes o espiritismo chama de espíritos exilados de Capela (na Bíblia: Gênesis 6:2). Deus não acaba com os demônios, exatamente porque eles são espíritos humanos, apenas atrasados, e cujo livre-arbítrio Deus respeita. Caso contrário, Deus os aniquilaria, para que vivêssemos em paz, sem suas obsessões e tentações contra nós. E, também, como nos ensina a parábola do joio e do trigo, nós temos que conviver com o joio, que representa esses espíritos atrasados, companheiros nossos de jornada evolutiva, desencarnados e encarnados, que, um dia, como nós, eles serão também espíritos angélicos.

 

            Lembramos aqui que o nome do espírito Anjo Gabriel significa “Homem Iluminado”.

 

            Os fenômenos chamados de sobrenaturais e milagrosos ou de dons espirituais, de São Paulo, têm assombrado (deste verbo vem a palavra assombração) todos os povos, e são provocados por espíritos através de algum médium especial perto.

 

            Supor que há intervenção de Deus direta neles, por mais fantásticos e deslumbrantes que eles sejam, é superstição, pois são fatos apenas espirituais ou mediúnicos, confirmados por cientistas até de prêmio Nobel!

 

            A própria Igreja reluta em aceitar a veracidade desses fatos que o povão vai logo considerando como sendo milagrosos ou sobrenaturais!

 REVISTA ESPIRITISMO & CIÊNCIA  –  POR:  JOSÉ REIS CHAVES  –  Teósofo e Biblista Espírita.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: