Publicado por: Dirceu Rabelo | 24/01/2013

RESGATE

RESGATE

.

Irena Sendler

A polonesa Irena Sendler, conhecida como “o anjo do Gueto de Varsóvia”
.
Durante a 2ª Guerra Mundial,
Irena conseguiu uma autorização para trabalhar 
no Gueto de Varsóvia, como especialista de canalizações.
Mas os seus planos iam mais além…
Sabia quais eram os planos dos nazistas
relativamente aos judeus (sendo alemã!). Irena trazia crianças escondidas

no fundo da sua caixa de ferramentas,
e levava um saco de sarapilheira
na parte de trás da sua caminhonete
(para crianças de maior tamanho). Também levava na parte de trás da caminhonete

um cão, a quem ensinara a ladrar
aos soldados nazistas 
quando entrava e saia do Gueto.
Claro que os soldados não queriam nada com o cão
e o ladrar deste encobriria qualquer ruído
que os meninos pudessem fazer. 
Enquanto conseguiu manter este trabalho,
conseguiu retirar e salvar cerca de 2500 crianças. Por fim os nazistas apanharam-na.

Souberam dessas atividades e
em 20 de Outubro de 1943 
Irena Sendler foi presa pela Gestapo
 e levada para a infame prisão de Pawiak,
onde foi brutalmente torturada.
Num colchão de palha,
encontrou uma pequena estampa de Jesus 
com a inscrição: “Jesus, em Vós confio”, 
e conservou-a consigo até 1979,
quando a ofereceu ao Papa João Paulo II.Ela, a única que sabia os nomes

e moradas das famílias
que albergavam crianças judias,
suportou a tortura
e negou-se a trair seus colaboradores
ou as crianças ocultas.
Quebraram-lhe os ossos dos pés e das pernas,
mas não conseguiram quebrar a sua determinação.
Já recuperada, foi no entanto condenada à morte. Enquanto esperava pela execução,

um soldado alemão levou-a
para um “interrogatório adicional”.
Ao sair, ele gritou-lhe em polaco: “Corra!”.
Esperando ser baleada pelas costas,
Irena contudo correu por uma porta lateral e fugiu,
escondendo-se nos becos cobertos de neve 
até ter certeza que não fora seguida.
No dia seguinte, já abrigada entre amigos,
Irena encontrou o seu nome
na lista de polacos executados
que os alemães publicavam nos jornais. Os membros da organização Żegota (“Resgate”)

tinham conseguido deter a execução de Irena, 
subornando os alemães
e Irena continuou a trabalhar com uma identidade falsa.Irena mantinha um registo com o nome

de todas as crianças que conseguiu retirar do Gueto,
que guardava num frasco de vidro
enterrado debaixo de uma árvore no seu jardim. Depois de terminada a guerra

tentou localizar os pais das crianças
que tivessem sobrevivido e reunir a família.
A maioria tinha sido levada para as câmaras de gás.
Para aqueles que tinham perdido os pais,
ajudou a encontrar casas de acolhimento
ou pais adotivos.
* * * 
polonia-gueto-de-varsovia-criancas-t13160Polônia – Gueto de Varsóvia
.
Em 2006 foi proposta para receber
o Prêmio Nobel da Paz…
mas não foi selecionada.
Quem o recebeu foi Al Gore
por sua campanha sobre o Aquecimento Global.* * * 

“A razão pela qual resgatei as crianças
tem origem no meu lar,
na minha infância.
Fui educada na crença de que uma pessoa necessitada
deve ser ajudada com o coração,
sem importar a sua religião ou nacionalidade.” 
(Irena Sendler)
* * *
Os horrores da Guerra não convém comentar;
este espólio, esta herança,
carregaremos em nossa consciência universal,
sabe DEUS até quando…
Mas atitudes como esta, de Irena Sendler,
certamente devemos reverenciar,
pois dignificam a Alma Humana! 
Fonte: Espirit Book

Responses

  1. Eu fico horrorizada sempre que leio algo sobre este período de nossa história. Somos tão cruéis com nossos semelhantes. Isso nos remota ao tempo das arenas cristãs, das fogueiras da idade média, enfim, traz à tona todo o horror de que o ser humano, não evangelizado é capaz.
    Estou lendo o último livro de nosso querido Manoel Philomeno de Miranda – O amanhecer de uma nova era e ele nos alerta para o que podemos vivenciar, remontando às épocas passadas. A espiritualidade inferior está no auge de seus ataques e principalmente aos espíritas por ser a Doutrina, o Consolador prometido. Precisamos nos manter unidos, amando e trabalhando, orando e servindo sempre ao Evangelho de Jesus, para que crimes como estes não voltem a ocorrer.

    Abraço fraterno, querido irmão de jornada. Adoro teus posts! Vall

  2. Querida irmã Vall,
    Conheço a história dessa mulher maravilhosa, Irena Sendler, esse espírito sublime que veio à terra em missão, para salvar centenas de pequenos judeus condenados à morte. Resolvi colocar a sua história também em nosso blog para conhecimento dos demais irmãos de caminhada.
    Você falou sobre o ataque da espiritualidade inferior, mas, saiba que o nosso contra-ataque do bem também é enorme e nós, que professamos a Doutrina Espírita é que temos que “ficar com um pé atrás”, pois o ataque do mal é mesmo dirigido a nós, principalmente.
    Que Deus nos abençoe e nos dê forças e luz!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: