Publicado por: Dirceu Rabelo | 19/09/2015

NÃO ESTAIS A SÓS, NINGUÉM ESTÁ ABANDONADO

NÃO ESTAIS A SÓS, NINGUÉM ESTÁ ABANDONADO

.

.bezerra_de_menezes

.

Não estais a sós, ninguém está abandonado

 (Mensagem psicofônica ditada pelo Espírito Adolfo Bezerra de Menezes, por intermédio do médium Divaldo Pereira Franco, no encerramento da sua conferência da 62ª Semana Espírita de Vitória da Conquista, no dia 13 de setembro de 2015) 

Aqui nos encontramos para produzir as bênçãos de Deus dentro de nossas existências. Vivem-se hoje, na Terra, crises de muitas denominações. A criatura humana perdeu o endereço de Deus e, por isso, também perdeu o endereço de si mesma. O prazer, as utopias, as necessidades do encantamento frívolo, as distrações preenchem os espaços do viajante terrestre que viaja sem saber exatamente para onde. Não é de estranhar as pessoas se interrogando: qual é o objetivo essencial da minha vida? 

Se dúvidas e incógnitas pairam nas vossas interrogações existenciais, abri o evangelho de Jesus e leia uma frase, leia um artigo que possa significar resposta dos céus às sombras do desencanto, e deixai-vos arrastar pela misericórdia do Senhor. Não estais a sós, ninguém está abandonado, mas é natural que para identificar o acompanhamento, consulte-se a consciência. Busque o silêncio interior para escutar a música delicada do mundo espiritual. 

Estais convidados para implantar o reino de Deus na Terra, não vos aflijais, tende tento, tornai preciosas as vossas vidas. Falamos a Deus, orando. Deus nos responde, inspirando-nos. E quando o Pai deseja ajudar alguém, utiliza-se de nós para o socorro. Tornai-vos as mãos de Jesus acariciando a dor, a palavra de conforto moral do Mestre apontando caminhos, os pés que andam ao lado do padecente para impedir que ele tombe. 

Vós sois os chamados desta hora, reflexionai. Filhas e filhos queridos, o Senhor necessita de nós, quanto Dele necessitamos. Este é o nosso momento divino de libertação. Contemplemos os prazeres que já fruímos e verificaremos que passaram, deixaram sabor amargo ou um desejo de tormentosa repetição. Mas se nos deleitarmos com a presença de Cristo dentro de nós, então, a paz, a perfeita alegria e a esperança tomarão conta das nossas vidas. Sede alegres, viveis em paz. 

São os votos dos espíritos amigos aqui presentes, que nos pedem para transmitir-vos a mensagem da sua afetividade. Com carinho, o abraço terno do velho servidor e humilde amigo paternal Bezerra de Menezes. 

Muita paz, meus filhos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: