SOU DOM-JOAQUINENSE…

Sou nascido em Dom Joaquim/MG e embora tenha me formado em Ciências Contábeis na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Católica de Minas Gerais, fui ser ator no Rio de Janeiro. Lá, atuei em teatro e televisão e por alguns anos fui ator-funcionário da Tv Educativa (12 anos), com passagens pelas Tvs Manchete e Globo (4 anos), onde tive algumas participações em novelas e humorísticos. Retornei à minha terra natal em 1989, para ser o secretário municipal de Turismo e fui ficando. Me aposentei, fui vereador, presidente da Câmara dos Vereadores, voltei à prefeitura onde agora sou secretário de Cultura e Turismo, exercendo ainda as funções de secretário da diretoria executiva do Circuito Turístico Parque Nacional da Serra do Cipó e de conselheiro titular do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Santo Antônio, representando meu município. Nas horas vagas gosto de escrever. Pertenço a  “Associação Internacional dos Poetas del Mundo”, “AVBL – Academia Virtual Brasileira de Letras”, “Confrades da Poesia” de Portugal, dentre outras associações de escritores e poetas. Em setembro de 2011 lancei meu primeiro livro de crônicas e poesias: “PALAVRAS LAVRADAS”. No momento, estou poeta, estou cronista, estou blogueiro, estou solteiro, e com meu segundo livro quase pronto…

Anúncios

Responses

  1. Que orgulhooooooo!!

  2. Obrigaduuuuuuuuu!!!!!!!!!!

  3. Adorei a foto do cabeçalho!!! Vc está aprendendo a mexer, né?! PARABÉNS!

  4. A gente tem que fuçar para ver no que dá, né maravilhosa? Neste caso específico, acertei. Mais uma vez muito obrigado pela força.

  5. Oi Dirceu,

    passei aqui pelo seu blog para atualizar-me quanto ao seu currículo, com vistas à elaboração de projeto junto ao IBRAM que contemple recursos para o Museu de Dom Joaquim e deixo meu abraço. Mais uma vez, por sua iniciativa e incentivo do Prefeito Romane Thomaz Frois Dom Joaquim sai na frente em busca do apoio institucional necessário para viabilizar este sonho que eterniza a memória do município. Meus parabéns e ambos. Breve falamos. Hilda Cintra

    • A sua visita ao meu blog para mim é uma honra, querida Hilda. Quanto do projeto do IBRAM, temos certeza que em suas mãos, ele será aprovado, e nosso Museu de Dom Joaquim será uma glória para todos nós dom-joaquinenses.

  6. Emocionado! Mais que isso seria uma lágrima. Doravante to na sua cola viu. Parabens. Em tempo: tenho um arsenal de fotos de dj por aqui. Precisando, mail-me.

  7. Joãozinho, querido irmão e amigo! Partindo de você eu é que fico emocionado. Explico: – Quando escrevo, detesto engavetar. Prefiro mostrar para os “chegados” para que eles apreciem e me retornem com críticas construtivas, (ou não) e eu vou colocando os comentários na balança. Meu ego fica de fora desta. Cheguei à conclusão de que devo continuar escrevendo. Não sou “bão” mas não sou de todo ruim, concluí. Quanto às suas fotos, com certeza farei uso delas ao seu tempo. Gratíssimo meu caro!

  8. tio dirceu!
    estou emocionado de ler tudo isto!!!
    parabens!
    irei acompanhando daqui tudo o que acontece por ai!
    estou orgulhoso em poder admirar tudo o que ferve na sua cabeca!!!

  9. Ângelo, meu querido!
    Que bom que você está aí do outro lado, lendo as coisas que, como você bem disse, “fervem na minha cabeça”. E, se fervem, devemos colocá-las para fora, como lava de um vulcão em erupção. Agradeço-lhe pelas palavras amáveis querido, porque sei que partem de uma pessoa de sensibilidade apurada e que admiram o belo. Não que eu escreva bonito, mas que tenho coragem de me expressar e mostrar o que sinto através de poemas, crônicas, críticas – às vezes ácidas – mas que servem para depurar. É isso! Obrigado por estar aí e um abraço em Leda, Hélio, Itamarzinho e em todos os nossos.

  10. GRAAAAAANDE DIRCEU,
    É MUITO BOM PODER ME COMUNICAR COM VOCÊ, MESMO QUE ATRAVÉS DO BLOG.
    CONTINUE SEMPRE ASSIM, RENOVANDO SUAS AÇÕES.
    NÓS, NASCIDOS EM DOM JOAQUIM, TEMOS UM ORGULHO DANADO DE SERMOS SEUS AMIGOS.
    REINALDO PIRES.

  11. Caríssimo Reinaldo. Você é personagem de uma crônica muito comentada que eu escrevi e postei há uns 45 dias; dei a ela o título de “A CPI do Palhaço” e conta as nossas peripécias com o nosso circo no quintal do seu pai, o saudoso senhor José Pires, de saudosa memória, assim como,a não menos saudosa Dona Lourdes. Veja a crônica e verá o passado todo passando à sua frente. Grande abraço fraternal.

  12. Dirceu, Parabéns pela excelente iniciativa deste meio de comunicação que você criou. São iniciativas como esta que proporcionam ao mundo conhecer a mais bela cidade de um povo acolhedor com enorme coração, sempre aberto aos visitantes . Esta é a nossa grande e querida Dom Joaquim!!!
    Abraços.
    Nhanhá e Jorge.

  13. Queridos Nhanhá e Jorge. Peraí! Você estão me emocionando. É muito carinho para uma pessoa, num dia só. Que Deus lhes ilumine meus amigos, retribuindo-lhes estas palavras amigas em grandes felicidades para vocês e para suas lindas filhas.
    Quanato ao nosso blog, ele estará sempre aqui, recheado dessas minhas maluquices, poemas, crônicas, palavras sérias da Doutrina Espírita e também notícias da nossa amada Dom Joaquim. Beijões!!!

  14. Olá,

    Amei seu blog.
    Sou vizinha do seu irmão em BH e cliente da Cida e da Virginia há mtos anos.
    Parabéns pelo blog!
    Moro com minha avó e mãe no apto 606

  15. Oi Adriana! Já estou aqui na terrinha e vi o seu carinhoso recado aqui no nosso blog. Você é tão comentada positivamente na minha família que já faz parte dela. E você é realmente uma simpatia de pessoa mesmo! Já fiz o convite para que venha passar uns dias aqui conosco; o convite continua de pé. Agradeço muito pelos afagos no ego deste blogueiro aqui. Vamos remando e fazendo nossos poemas e nossas crônicas. Grande beijo!

  16. Dirceu,

    Estou matando as saudades vendo as fotos e olhando os depoimentos. Tem vinte anos que não vou aí, mas estou sempre acompanhando a evolução da minha cidade do coração. Cresci ai e me mudei quando tinha quinze anos. Sou neta do Soliu Papula e filha do José, sua prima. Amo muito a sua irmã, a vejo sempre. Mulher batalhadora, alegre e engraçada, a admiro muito. Tenho orgulho da minha terrinha e fico muito feliz vendo seu crescimento. Quantas saudades….. voltarei em breve….. cuide bem dela….. beijos e fique com Deus.

  17. Querida prima Aline. Como é bom reencontrar os “nossos”, gente que a gente ama. Eu fui grande amigo de seu pai, primo maravilhoso que infelizmente partiu tão cedo; isto é, não nossa curta visão, porque para Deus, ele desencarnou no momento certo, embora de maneira trágica. São momentos da vida que nós, espíritos ainda inferiores, não podemos explicar ou entender direito.
    Quanto a Dom Joaquim, ela continua cada vez mais linda e nós estamos cuidando muito bem dela. Volte aqui para revê-la! Estaremos aguardando.
    Veja o blog inteiro porque estamos sempre colocando notícias novas de nossa cidade. É só clicar em cima, no nome do blog que você é encaminhada para a página central do mesmo.
    Grande beijo do primo.

    • Dirceu,
      Fiquei muito feliz por vc ter me respondido. Atualmente moro em Brasilia e vejo sua irmã sempre, aliás acompanho sua trajetória há vinte anos, sou apaixonada por ela e minha filha também.
      Ela é um exemplo de vida, de superação, que orgulho……
      Fique com Deus e com certeza em breve irei…. ela sempre me dá notícias dai.

      Um grande abraço.

  18. Oi Aline, prima querida! Realmente, a Cleusa é e sempre foi uma grande batalhadora e exemplar irmã para todos nós. Devemos sempre nos basear em pessoas do tipo da Cleusa, que mesmo passando por grandes provações, está sempre sorrindo e brincando. É desta maneira que a vida tem que ser levada. Grande abraço do primo Dirceu.

  19. Oi Dirceu!!! Há muito tempo saí de Dom Joaquim. Sou filha de Louro Reis e Maria Aguiar. Moro na cidade de Magé RJ. A última vez que aí estive, foi no centenário de minha avó Amélia Reis. Por um acaso relembrando algumas novelas que você fez, procurei pelo seu nome no google e descobri seu blog. Parabéns pelo blog. Muito legal. Quem sabe assim, terei notícias do meu querido Dom Joca. Tenho muitas saudades daí. “Estou” presidente de uma ONG “Atitude Global” nosso orkut atitudeglobal_mage@yahoo.com.br. Abraços e tudo de bom!!! PAZ e BEM!!!

  20. Janildes, minha filha! Que bom que é você! Sou ligadíssimo na família Fontoura Reis. Tanto que eu não saia da casa de seus avós, pois era muito amigo de seus tios, irmãos de sua mãe. Além disso, papai trabalhava na roça e me mandava sempre na casa do seu avô, Sr. Zé Cangalheiro, como era conhecido aqui em Dom Joaquim, naquela época, por ser perito em cangalhas para animais. Pode ir buscando nas minhas crônicas aí, que você vai encontrar os nomes de seu avô, seus avós paternos e muito mais sobre as famílias Reis e Fontoura, que são originárias do Serro, assim como minha família Rabelo.
    No Centenário de sua avó, eu também estava lá, fazendo a “cobertura” do evento para o jornal “A FOLHETA” e lembro-me de vocês chegando de ônibus daí de Magé. Aliás, já gravei novelas e casos especiais para a Globo e TV Edicativa aí nas matas e rios de Magé, mas quase sempre pelas madrugadas.
    Me faça uim favor: vá no meu blog, na página principal, à direita e lá onde está “CADASTRO DE E-MAILS”, faça o cadastro do seu email e aí, você receberá todos as matérias que eu for postando imediatamente no seu computador, via email, de graça. E é um prazer para mim.
    Hoje mesmo vou entrar no Atitude Global e depois te dou notícias.
    Grande abraço fraternal e mineiro, diretamente de DONJOKA!

  21. Dirceu que bacana ler você sou filha do Helcio Rangel de Souza e gostaria de saber se vc é o Dieceu que penso ser e meu pai conhecia tão bem pelas locuções na Rede Globo. Um beijão pra vc

  22. Dirceu será que vc foi amigo do meu pai? nossa ,adorei saber do seu blog. Meu pai é o Helcio Rangel de Souza ele começou na Globo como locutor e me lembro muito dele falar de você. Um abraço no seu coração.

  23. Miros, trabalhei na TV Globo, mas como ator e seu pai e o meu xará Dirceu Rabelo, na mesma época eram locutores e amigos do setor de jornalismo, onde fiquei vários anos trabalhando com a Paula Saldanha, fazendo o programa infantil “Globinho”. Eu fazia a voz e a manipulação do macaquinho Loyola. Lembro-me bem do Hélcio Rangel, mas fui muito amigo do xará Dirceu. Um abração mineiro para você e família.

  24. Miros, já dei a explicação no comentário acima: não sou o locutor, sou o ator que fez novelas e os programas humorísticos e outros da linha de show, mas conheci seu pai e fui amigo particular do meu xará locutor. Certa vez a revista AMIGA fez uma matéria mostrando os “dois Dirceu Rabelo”, tamanha era a confusão na hora de nos chamar para trabalhos extras. GrANDE ABRAÇO FRATERNAL.

  25. Querido e Estimado, Primo, o que falar de você, nao tenho palavras, porque sou seu admirador e tenho orgulho de poder chama-lo de primo, tudo isso aqui e simplesmente uma interação, pela a qual muitos estao ausente da nossa querida Dom Joaquim, mas você como sempre, o mais caloroso, teria que ter essa ideia, e escrever “causos” que somente nos saberiamos entender cada lugar, cada, esquina, cada pedaço daquele lugar, Parabens, estou aqui desde que foi aberto o seu BLog,e o sigo para sempre.. um abraço..

    • Primo, amigo e Atleticano, Paulo Henrique! São comentários como este que você agora faz, que nos dá forças para tocar o barco e às vezes ir dormir às 2h da manhã, para terminar uma crônica “dom-joaquinense” ou um poema, para enfim postá-lo no blog pela manhã. De vez em quando (e isso acontece sempre) a idéia ou o “click” do poema pinta no trabalho e o Romani sabe que eu uso aquele horário para deixar fluir esta arte que a sua bisavó tinha e eu também a tenho: escrever, fazer poemas, contar causos, buscar fatos jornalísticos do passado que fazem a história de nossa terra e de nossa gente. Obrigado, caro primo, pela força. Continue acessando nosso blog e repasse o endereço dele para seus amigos e conhecidos: https://dirceurabelo.wordpress.com

  26. ola, Dirceu meu nome é jhony sou de capão bonito tenho um estúdio de som nada grande queria saber se não daria para você fazer uma gravação pra mim
    dizendo assim “eu sou Dirceu rabelo locutor oficial da globo e tambem estou aqui na j.lima estúdio”aguardo sua resposta no meu Email: jhonylm9@ Gmail.com desde já muito obrigado

  27. Caro Jhonylima. Desculpe-me decepcioná-lo, mas eu sou “um dos vários Dirceu Rabelo”; só que aconteceu que trabalhei na TV Globo também, mas como ator e ao mesmo tempo que o meu xará locutor, o que gerou muita confusão. Mas, tenho a impressão que o xará não vai fazer esta gravação aí para você, não! Ele é exclusivo da TV Globo… Grande abraço!

  28. sou de são jose da ilha adoro dom joaquim sou filho da mais bela mulher da ilha tereza e do mais belo homem alvaro quero que essas comunidade creça a cada dia mais e mais ti amo dom joaquim ….tanbem ti amo são jose da ilha deus abeçõe vçs quem vos fala e carlos henrique de são jose da ilha

    • realmente dom joaquim e de mais e a ilha tanbem amo anbas de todo o meu coração bj

  29. É isso aí, caro Carlos Henrique. Agora então, com o asfalto, Dom Joaquim e São José da Ilha ficaram ainda mais próximos. Os “ilhéus” são de uma amabilidade a toda prova, e não tem coisa melhor do que passar um fim de semana, ou uma noite de festa na nossa querida “Ilha”. Que São José, pai do Mestre Jesus abençõe a nossa querida Ilha e sua gente maravilhosa. Abração!

  30. Ola!! Quando cheguei e vi essa coleção de obras das mais variadas possíveis, senti uma explosão de emoção. Adoro ler, e acredito que é através da leitura que alcançamos uma uma mentalidade mais plena, que ultrapassam as muralhas do mundinho em que nos encontramos no decorrer da sociedade em que vivemos, isso se diz também dos valores que vão se modificando sem que percebamos, aos poucos, nos parecemos mais com os outros do que com nós mesmos…
    eu digo isso se referindo a minha pessoa. Sempre digo que os livros me libertam……………..e fiquei muitíssimo feliz quando encontrei esse maravilhoso blog..Gracias
    Sua mais nova admiradora!!Viviane-Resende-RJ

  31. Vivi, querida amiga e irmã! Hoje, aqui em Dom Joaquim, pequena cidade do interior de Minas é feriado municipal. Como sou secretário de Cultura e Turismo, pude dormir até mais tarde e logo de cara, quando ligo o computador, vejo sua bela mensagem. Poderia ter um começo de manhã melhor? Claro que não! Ainda mais, porque estou conseguindo atingir nossos objetivos que é fazer chegar essas preciosidades até vocês, caros amigos e amigas por todo o mundo. A WorPress que monitora nosso blog, nos mandou um mapa dos nossos leitores pelo mundo e fiquei impressionado como essa coisinha insignificante, a primeira vista, tem uma penetração absurda por esse mundão de Deus.
    Que bom que os ensinamentos de Jesus estão chegando aí, e também nos Estados Unidos, Espanha, Portugal, África etc. Grande abraço fraternal.

  32. Dirceu,você está de parabéns.Amei este seu blog,ao visitá-lo me senti aí.Esta cidade,as pessoas que aí residem sao demais a começar de você.Continue assim,que Deus e nossa Senhora te proteja.Nao sei se você lembra de mim,sou a Mônica filha de Eli e Geralda.E quanto ao carnaval vamos dispensar comentarios,ficou nota mil.Abraços.

  33. Como me esquecer de pessoas tão preciosas e de famílias tão unidas à nossa, querida Mônica? Tanto Eli quanto Geralda têm enorme importância para a sociedade dom-joaquinense. Além disso, eles geraram filhos maravilhosos e que só dão orgulho à comunidade de Dom Joaquim.
    Claro que me lembro bem de você! Sei ainda que você se casou com o querido Walter, que já era meu amigo, mesmo antes de ser prefeito da querida Alvorada de Minas. Antes, ele foi vereador e presidente da Câmara.
    Nosso blog é feito com muito amor, e tem as finalidades de recuperar a cultura de nossa terra e divulgar nosso turismo, dentre outras.
    Nosso carnaval, graças a Deus está sempre sendo realizado com muita paz e harmonia. Agradecemos por sua presença e embora não saibamos se estaremos na prefeitura no ano que vem, já a convidamos para a próxima folia, junto do maridão.
    Grande abraço e que Jesus a abençoe e à toda a sua família.

  34. nao perco nada dai adoro

  35. Nós também adoramos você Renata!
    Dom Joaquim e sua gente estarão sempre de braços abertos, aguardando-lhe nas festas, ou em qualquer ocasião em que você queira nos visitar.
    Abraço forte!

  36. Sou admirador deste seu trabalho.Parabéns.

  37. Sem querer trocar elogios, nem jogar confetes em você, caro Wander, estou neste momento (sábado pela manhã) ouvindo seu programa na Rádio Folheta FM e saboreando os assuntos sempre muito importantes e de utilidade pública, como no caso da saúde que você explicitou tão bem.
    Vamos fazendo nosso trabalho “formiguinha”, porque isso nos faz bem e ajuda nossa comunidade e quiçá muita mais gente que nos ouve e lê o que escrevemos ou simplesmente postamos.
    Um abraço sincero e agradecido.

  38. OLá primo querido,
    Como vai nossa cidade? conversei coom a Cleuza no sábado falando que mato as saudades lendo seus contos, causos e histórias. E ele me disse sobre seu discurso para sua mãe quando completou 90 anos. Disse que foi lindo e emocionante e que ia pedir para vc publicá-lo. Saudades da terra.

    Um grande abraço da prima Aline.

  39. Aline prima querida!
    Dom Joaquim está joia! E aí, tudo bem?
    O poema de mamãe está no bloco de poesias: MAMÃE, 90 ANOS.
    Entre lá e você vai curtir tal poema.
    Dê um beijo na Cleuza para mim. Outro pra você.
    Fique com Deus!

  40. entrei po um acaso, no seu blok, até para saber mais da neila alchmin, achei tudo muio certo, pois acredito em rencarna~çoes , pois leio muito; queria saber mais

  41. Caríssima Maria Rodrigues,
    Nós espíritas não usamos nunca esta palavra “acaso”, pois tudo que acontece conosco, ou na natureza, tem uma motivação. Não quero dizer com isso que meu blog seja a “sua salvação”, mas, sendo você reencarnacionista e como ele tem muitas matérias e livros em pdf gratuitos sobre o assunto, acho que é uma oportunidade para que você conheca mais a Doutrina Espírita. Não acha que eu esteja com a razão?
    Grande abraço fraternal e que Jesus a abençoe com muita saúde, paz e luz.

  42. Admiro vc….uma pessoa de muita visão!
    Parabéns……um grande abraço,e muita paz!

    Silvana São Lepoldo- RS

  43. Silvana Rossa, irmã e amiga!
    Que Jesus a abençoe amiga! Mas, que visão tenho eu, a não ser aquela de que preciso ajudar muito nossos irmãos necessitados, para apagar um pouco os erros cometidos no presente e no passado? Só mesmo trabalhando e fazendo profunda e séria reforma íntima para que a gente consiga alguma melhora, não é mesmo?
    Trabalhemos querida irmã, mesmo que às vezes o esmorecimento tome conta da gente, como sempre acontece comigo… Não é fácil, mas é muito gratificante ajudar as pessoas aflitas, as mais aflitas do que nós mesmos.
    Um abraço fraternal no seu bom espírito.

  44. ola

  45. adorei saber que vc e de dom joaquim

  46. Caro amigo Izaqueu,
    Não só sou de Dom Joaquim, como vivi mais de 20 anos fora daqui e já retornei há 23 anos e “daqui não saio, daqui ninguém me tira…” Lembra-se da velha marchinha de carnaval? Pois é! Estou na área e se me acertarem é pênalty. Gosto mais de Dom Joaquim do que de frango com quiabo e angu.
    Grande abraço e quando vier aqui, procure-nos para um bate papo.

  47. Dirceu o que está acontecendo aí ? O prefeito nao quer deixar os carros da mineradora entrar na cidade?

  48. Briga de cachorro grande, Adrian! De um lado, a Mineradora Anglo American que vai levar a água do Rio do Peixe, daqui de Dom Joaquim e por isso prometeu ( no papel) mundos e fundos e não quer cumprir nada. Do outro lado, um prefeito incompetente que mete os pés pelas mãos e não tem jeito nenhum de negociador. Só podia dar nisso! Obras paradas, e a maior bagunça em Dom Joaquim/MG. Elegeram um bicheiro sem um mínimo de estudos como prefeito e agora estamos à mercê deste impasse entre ele e a Anglo.
    Durma-se com um barulho desses!

  49. amigo este paraíso acabou tive ai com minha família não tinha lugar para turista esta firma de gringos acabou com os turista mais para que falar afinal e a dona de tudo ai que pena lugar que foi encantador agora comandada por estrangeiros não deixe de avisar os outros turistas que era encantado com esta cidade para não ir ate ai pois não tem hotel,pensão ou casa para ficar nem pensar em fazer acampamento pois a cidade esta insegura e tem gente que gosta deste horror que fizeram a esta linda cidade em pensar que tem gente que apoia estes devastadores de cidades

  50. Caro Donizete,
    Tudo que você disse tem um fundo de verdade, mas, Dom Joaquim não podia ficar perdida e isolada como estava, com um IDH tão desumano que doía em nossos corações dom-joaquinenses.
    Com a entrada de empreiteiras na cidade para a construção da sede da mineradora a cidade cresceu, temos aqui muitas pessoas estranhas na cidade, muitos estragos causados pelos veículos pesados, mas também muitos empregos, fartura, um hospital totalmente remodelado e mais algumas modernidades necessárias.
    Daqui a dois anos, no máximo, a mineração começa a funcionar e Dom Joaquim, aos poucos começa a chegar no seu lugar, sem tanta gente, sem veículos pesados e se Deus quiser as coisas irão melhorar. Tenha certeza disso. Confio no Pai e Criador de que Ele não nos abandonará.
    Aquela Dom Joaquim, pequena, pobre, com alta mortalidade infantil, muita fome, sem educação, doenças…etc. já é passado. Agora, estamos vivendo a Dom Joaquim do futuro: Um pouco maior, mas, muito mais alegre, saudável e feliz! (Embora tenhamos um prefeito muito incompetente… Esta é minha opinião!)
    Grande abraço!

  51. Ñ tem Vergonha se Chupa Cabra(Ersubadooooooooooooooooooooooo)

  52. Não entendi nada, caro Odilon, mas aproveito para pedir ao Mestre Amado Jesus para abençoá-lo.
    Um abraço!

  53. OLÁ Dirceu, gostaria de saber se voce era correntista do Banco Nacional Ag. Catete nos anos 70 e amigo do Dr. Jose aparecido. Obrigada.

    • Olá querida Sandra!
      Sim, eu morava na Silveira Martins, bem em frente ao portão do Palácio do Catete; depois, mudei-me para a Rua Buarque de Macedo, mas sempre fui fiel às minhas raízes mineiras e mantive por anos a minha conta no Banco Nacional da Ag. Catete, onde tinha conta corrente e aplicações. Na época eu era funcionário da TV Educativa, na Av. Gomes Freire e depois fui ator funcionário da TV Globo, no Jardim Botânico. Sempre fui amigo de José Aparecido, que por sua vez era também muito amigo de meu pai. Tenho várias fotos com ele depois de meu retorno ao interior.Minha cidade, Dom Joaquim fica a 30 km da dele, Conceição do Mato Dentro. Mande-me por email uma foto sua, para que eu me lembre de sua fisionomia. Você não me é estranha, mas, gostaria de ver seu rosto.
      Um beijo e que Jesus a abençoe!.

  54. Boa noite, Dirceu. Procurando romances espíritas na net me deparei com seu blog maravilhoso. Melhor ainda foi saber que você é Dom-joaquinense pois morei 26 anos em Carmésia e conheço Dom JOaquim muito bem. Atualmente moro em minha cidade – Juiz de Fora. Trabalhei durante esses anos no Hospital de Carmésia poiz sou farmacêutica-bioquímica mas aposentei e retornei á terra natal. Essa região de Minas Gerais vive para sempre no meu coração e tenho muita saudade. Mdu marido disse que sua fisionomia não lhe é estranha. Parabéns pelo orgulho dom-joaquinense. Minha filha é carmesiense eu tenho o maior orgulho disso também. Parabéns pela participação na vida política de Dom Joaquim e que Jesus te ilumine sempre. Abraços.

    Valéria

    Va

    • É como diz o nosso povo aqui do interior: Êita mundinho pequeno, siô!!! kkkkkkk
      Pois eu deixei Dom Joaquim aos 17 anos para estudar em BH e de lá fui para o Rio de Janeiro seguir carreira artística. Voltei há 25 anos para Dom Joaquim e aqui já fui vereador, presidente de Câmara, secretário de não sei quantas secretarias, fundei Centro Espírita e hoje sou poeta, cronista e blogueiro. Mantenho o blog com o maior carinho e presido a nossa Fraternidade Espírita Casa do Caminho e rogo a Deus que nos dê saúde para levar adiante por mais alguns anos esta nossa causa.
      Um abraço e que Jesus a abençoe!

  55. Meu caro Dirceu
    Este final de semana estive em Mariana numa homenagem a um colega pela Academia Marianense de Letras Ciencia e Cultura. Alunos da escola participantes da Academia Mirim recitaram textos de livros do pai dele, Dr Salvador Ferrari. Que coisa maravilhosa! E eu fiquei pensando porque não fundarmos uma Academia Domjoaquinense de Letras Ciencias e Cultura? E imediatamente pensei em você porque eu poderia colaborar mas não estou à altura de liderar tal movimento. Achei interessante o fato da Academia de Mariana não ser apenas de letras, assim pode agregar diferentes áreas e sendo uma cidade pequena tem possibilidade de reunir mais pessoas interessadas. Espero que você goste da ideia, talvez ate ja tenha pensado nisso.

    Um abraço
    Antonio Lages

    • Caro amigo Toninho,
      Realmente tenho pensado muito na hipótese de lançarmos a nossa ACADEMIA aqui em nossa sofrida Donjoka e exatamente nestes termos que você citou, Só que eu faria uma modificação: No lugar de “cultura” eu colocaria ARTES.
      Mas, quem disse que você não está à altura de liderar a nossa academia? Você é um homem da ciência e a pratica no dia a dia! Tanto que no meu pensamento (e ele é antigo!) o nome da academia seria: ACLADOM ou ACLADJ- ACADEMIA DE CIÊNCIAS, LETRAS E ARTES DE DOM JOAQUIM…
      Bom, não restam dúvidas de que você e outros futuros acadêmicos sejam muito ocupados e eu, virei um poeta vagabundo de vez… kkkkkkk
      Eu topo fazer isso sim, desde que você faça a lista dos nossos primeiros acadêmicos (de 20 a 30 no máximo! O que acha?) e seja nosso primeiro secretário, enquanto eu corro para saber como montar a academia e assumo a presidência por um mandato estabelecido no estatuto inicial. E vamos nos mantendo em contato através de email e telefone; Anote os meus aí: (31) 8322-7545 – rabelodirceu@yahoo.com.br
      TOPAS OU NÃO TOPAS? VOCÊ MEXEU NUMA CAIXA DE MARIMBONDOS TATU… KKKKKKK
      Grande, acadêmico e fraterno abraço!

      • Meu caro Dirceu

        Aceito a parceria, afinal nao poderia ser diferente pois nao iria apenas dar a ideia e fugir. Nao sei se com a responsabilidade e incumbencia que voce quer me atribui mas como um parceiro para nao deixar a ideia morrer. E para inicio de conversa ja tenho a sugestao do patrono. Ha alguns anos um amigo meu, professor da UNICAMP, estava voltando para BH e quando nos encontramos ele me falou de uma tese sobre um Domjoaquinense ilustre. Falou inclusive que se fosse do meu interesse o professor que defendeu a tese estava muito entusiasmado e com certeza aceitaria um convite para ir a Dom Joaquim fazer uma palestra sobre o assunto. Eu me interessei e ele me enviou uma copia da tese. Achei muito interessante mas não consegui vislumbrar publico para tal palestra. Talvez eu esteja sendo injusto pois tenho participado pouco da vida diaria da cidade mas enfim guardei o texto carinhosamente. Em uma ocasião passei uma copia para o Reinaldo e agora te passo essa copia com a sugestao do CÔNEGO HERMÓGENES CASIMIRO DE ARAÚJO BRUNSWIK ser o patrono da nossa nascente academia.

        Um abraço quase acadêmico
        Antonio Lages

  56. Caro Acadêmico Antônio Lages,
    Comigo é assim; na batata! rsrsrs
    Começo do fim: o Cônego Hermógenes Casimiro de Araújo Brunswik tem sido para mim, há mais de 20 anos, um verdadeiro suplício, pois sei pouco ou nada dele. Mas, este grande homem nasceu aqui nas terras de São Domingos e foi desbravar as terras do Triângulo Mineiro, sendo o fundador de cidades como Sacramento e, dizem ser co-fundador de Uberaba e Uberlândia, dentre outras. Homem importante na política e economia do Triângulo e do Alto Paranaíba, tinha mulher e foi pai de muitos filhos. Embora todos soubessem disso, até mesmo o bispado, todos faziam de contas de que nada existia, tamanha a grandeza daquele homem e sua capacidade e liderança.
    Vamos programar uma data em que alguns dos prováveis candidatos a acadêmicos estejam por aqui e esse seu amigo poderá sim, fazer sua palestra sobre o assunto. Eu, como OFERECIDO primeiro presidente dessa provável e futura academia, posso alugar ou pedir o salão paroquial emprestado e convidar às pessoas para essa palestra que já seria uma preliminar da nossa ACLADOM – Academia de Ciências, Letras e Artes de Dom Joaquim.
    Abraço acadêmico,
    Dirceu

  57. Dirceu
    Voce recebeu a tese de mestrado sobre a vida do Conego Hermogenes que eu enviei para o seu email?

    • Caro Toninho,
      Como todo poeta, vivo no mundo da lua e só hoje vi que você fala em tal e-mail que estava me enviando anexo a tese de mestrado do nosso dom-joaquinense ilustre.
      Vou ler, mas já sei dele algumas boas coisas. Certamente que agora saberei de muito mais.
      Grande abraço acadêmico!

      • Dei uma lida rápida no brilhante texto e constatei que o Cônego Cassimiro nasceu mesmo aqui em Dom Joaquim, como consta no livro de meu amigo, o professor da cidade de Sacramento Alberto Cerchi, que me foi presenteado pelo autor com outro livro de fotos de Sacramento e cidades do Triângulo Mineiro.
        Vou estudar o texto que é muito interessante.
        Um abraço!

  58. Olá meu mais novo amigo,conterrâneo e filho do meu padrinho.

    Vendo seu currículo,me interessei em pesquisar a seu respeito e li em um blog uma conversa com Donizete em 28/08/2013.Achei super humano quando vc respondeu um comentário em que ele dizia que Dom Joaquim havia acabado porque tem um prefeito sem estudo,bicheiro, uma empresa de gringos,que a cidade não tem hotel,pensão,não pode se acampar,pois corre perigo.Ele só pensou em diversão,descanso,lazer e turismo.Mas não pensou que é uma cidade;pois se é cidade tem gente!Você meu amigo,deu a ele uma resposta que ele não gostou de ouvir!Você falou a respeito do IDH desumano que doía no coração dos dom-joaquinenses, comentou a respeito da cidade pequena,pobreza,alto índice de mortalidade infantil,fome,educação e ausência de emprego.A empresa pode ter prejudicado de um lado mas beneficiou de outros.Falta criação e execução de políticas sociais para garantir aos moradores seus direitos.Meu amigo,amei sua posição diante do comentário dele,pois existem pessoas que não tem empatia;não consegue nem enxergar a pobreza da própria terra natal.Antigamente os dom-joaquinenses viviam em pobreza extrema.Vim para BH EM 1987.Aqui tive condições de me formar e ter uma vida digna. Gostei do seu comentário e vi que realmente tem sangue do falecido padrinho João Paulo.
    Abraços amigo Dirceu.
    Que Deus te proteja,livra,dê saúde,força,muitos anos de vida,pois Dom Joaquim precisa de pessoas igual a você …

  59. É isso, querida Geralda! Serei sempre igual ao velho João Paulo, seu padrinho. Sou mesmo lutador, mas sem violência, e faço uso de minhas palavras e de minha religiosidade e plena fé em Deus para colocar minhas opiniões. Não paro nunca e vou lutar sempre para o bem da comunidade e dos menos favorecidos, como o fazia papai.
    Grande e fraterno abraço e que Jesus a abençoe!

  60. Oi Dirceu, sou muito orgulhosa de ser sua conterrânea, suas obras são excelentes, admiro muito seu trabalho. Uma vez li uma publicação que tinha feito sobre minha avó (Sá Ana), porém não encontro mais. Queria muito ler novamente e guardar. Desde ja muito obrigada ! Grande abraço, Jordana.

    • Oi Jordana! Que bom ter você como leitora e amiga. Fui muito amigo de Sá Ana e do Mário enquanto estiveram junto a nós e hoje, sempre me refiro a eles com muito respeito e admiração. Quanto à crônica que escrevi sobre Sá Ana, você pode encontrá-la na minha página do Facebook ou se quiser, posso mandá-la para seu email. Mande-me um recado para meu email, rabelodirceu@yahoo.com.br que eu envio para você com o maior prazer. Fique com Deus e um grande e fraterno abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: