Publicado por: Dirceu Rabelo | 13/12/2010

Poema – Reforma Íntima

Reforma Íntima

 

Dirceu Rabelo

Alegre-se com a felicidade alheia.

Sorria para uma pessoa carrancuda.

Dê um “bom dia!” para um passante desconhecido.

Presenteie uma criança pobre com um brinquedo, mesmo usado.

Leve a palavra amiga para o doente solitário.

Seja condescendente com o vizinho implicante.

Perdoe os inimigos, mesmo àqueles que o magoaram muito.

Acaricie um animalzinho que “pede” carinho.

Seja criança por alguns momentos;

brinque com seus filhos ou netos, ou até mesmo com as crianças desconhecidas, por que não?

Em momentos extremos, deixe que o nó na garganta transforme-se em lágrimas; emocione-se!

Alimente-se com a família reunida. Se mora só, sinta-se com Jesus, pois ele estará com você.

Seja indulgente com o colega impulsivo.

Retorne ao Plano Espiritual

sentindo-se melhor, mais evoluido…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: